Obsolescência programada da humanidade

the-apple-timeline_50290a5e0b64d

A tecnologia avança em termos exponenciais, gerando mais conteúdo e inovação em um ano do que em toda a história da humanidade até então. Só que toda inovação acarreta substituição, e para cada novo produto criado, um outro passa a ser obsoleto, desprezado, abandonado.

É parte do avanço tecnológico, na verdade é a consequência disso, uma consequência inevitável, pois esta troca é a evolução natural de todas as coisas.

Porém, no afã de estar sempre na frente, de sempre ter o produto mais avançado, com aquele botão ou aquela função inútil a mais, com um novo design que de novo não tem nada, gera-se uma busca exagerada pelo novo, a necessidade de sempre estar se criando algo e deixando o atual para trás, mesmo quando esse acaba sendo melhor do que seu sucessor, apenas pelo simples fato dele ser “velho”.

E assim, a transição entre as tecnologias, que deveria ser planejada e sempre buscando o melhor produto, serviço ou solução, muitas vezes é apressada para agradar os anseios de uma população cada vez mais ansiosa, insatisfeita e insegura.

Só que se engana quem acha que isso acontece apenas com “coisas”. Esse comportamento passou a ser transferido para tudo. As pessoas levaram essa ansiedade, essa insatisfação, essa pressa e, claro, essa insegurança, para as suas vidas e passam a repetir padrões.

Com isso, não só os produtos tornam-se obsoletos rapidamente, mas também as ambições, a carreira, os sonhos. E os outros seres humanos.

Quando criança, eu lembro de conversas de que quando a pessoa se aposentava, lá pelos seus cinquenta ou sessenta anos, ela era considerada velha pelo mercado, e não conseguia uma recolocação, mas não conseguia entender como isso funcionava. Só que eu, hoje com 37 anos, já sinto isso, que o mercado me acha velho, principalmente para a área que eu trabalho – inovação e tecnologia.

Onde vamos chegar? Não sei, mas essa obsolescência programada da humanidade trará ainda muitos prejuízos, e muitos bons conhecimentos se perderão pelo caminho por estarem em um corpo com um “design obsoleto e ultrapassado”.

Veremos as cenas dos próximos capítulos.

Leave a Reply